Museu Casa João Luiz Pozzobon e Diácono João Luiz Pozzobon


  • 23/09/2021
  • Turismo - Atrativos Turísticos

 


Como chegar - Localização


      Nasceu aos 12 de dezembro de 1904 em Ribeirão, São João do Polêsine, RS. Cresceu numa família profundamente religiosa e mariana. A partir dos doze anos trabalhou na lavoura com seus pais. Casou-se em 1928 com Tereza Turcato e teve dois filhos. Ficando viúvo, casou-se em 1933 com Vitória Filipetto, e teve mais 5 filhos.

      Sempre honrou os deveres de esposo e pai. Exerceu a profissão de comerciante com hotel e depois mercearia. Em 1948 consagrou-se à Mãe e Rainha Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt no Santuário Tabor de Santa Maria, RS. Aos 10 de setembro 1950 recebeu a imagem da Mãe e Rainha para leva-la às famílias. Foi ordenado Diácono Permanente aos 30 de dezembro de 1972. Faleceu sendo atropelado, aos 27 de junho de 1985, indo para a missa no Santuário.

      O processo de canonização foi aberto dia 12 de dezembro de 1994 em Santa Maria, RS. Em 2009 o processo foi encaminhado a Roma e se encontra na Congregação para a Causa dos Santos no Vaticano.

      O Museu recebe turistas no final de semana, em grande número é necessário agendar, e dias de semana também com agendamento, na Prefeitura. Foi inaugurado em 1998. A casa, onde nasceu e viveu parte de sua vida, o Diácono João Luiz, foi reconstruída com recursos da Secretaria de Estado do Turismo em convênio com a Prefeitura Municipal e comunidade de São João do Polêsine.

      O local guarda a história e a memória da vida do Diácono e sua família. Recebe visitantes/peregrinos oriundos de diversos Países, Estados e Cidades do Rio Grande do Sul.  No ano de 1999, recebeu 3.850 visitantes. O processo de canonização do Diácono João Luiz Pozzobon encontra-se em estágio avançado.